Olá! Como você está? Espero que esteja muito motivado para aprender mais sobre Marketing Digital. Te confesso uma coisa…. Esse artigo ficou muito bom! Você que tem um negócio seja ele físico ou digital, ler esse artigo é praticamente obrigatório. Ele está totalmente produzido como um guia de implementação de Marketing Digital para qualquer negócio.

O que é Marketing Digital?

Fique comigo até o final deste artigo, e depois me diga se estou certo sobre o que eu disse sobre este artigo!

Boa Leitura!

 

#01 – Definição de Objetivo Com Marketing Digital

 


O Marketing Digital proporcionou algo que era muito improvável alguns anos atrás. Marketing barato e acessível a pequenas empresas e pequenos empreendedores individuais. Tanto que o Marketing Digital proporcionou o crescimento inimaginável dos produtos digitais. Um mercado que tem se desenvolvido fortemente em todo o mundo. E o Brasil tem se tornado um dos principais mercados para esses produtos.

Vamos começas as melhores estratégias de marketing digital definindo alguns conceitos importantes. Produtos Digitais são produtos que têm todo o seu processo, desde a produção ao consumo, todo feito em meios eletrônicos. São e-books, cursos em áudio e vídeos, materiais em PDF… Enfim, tudo que é produzido, divulgado, vendido e consumido em meios eletrônicos.

Dessa forma o Marketing Digital vai estar presente em todas as fases de um produto digital. Esse conceito pode ser aplicado de forma semelhante a produtos físicos, então se você tem uma loja ou um e-commerce, você pode facilmente adaptar os conceitos que eu vou ensinar aqui. Mas de forma geral, no decorrer do artigo, vou me referir a produtos digitais para que o artigo não fique muito grande.

Então, em cada fase de um produto vão ser aplicadas estratégias de Marketing Digital e em cada fase deve ser aplicado um objetivo intermediário pensando no objetivo final: VENDER.

 

Marketing de Afiliados

Uma das vantagens da chamada Web 2.0 é que ela é acessível praticamente a todos. A expansão da internet permitiu pessoas que nunca sonharam em mexer em um computador a estar conectadas. Quem não tem uma avó ou mãe que não sai mais do Facebook ou WhatsApp?

A Web 2.0 é uma porta aberta para quem busca oportunidades de trabalho. Com tantas pessoas na Internet, as empresas começaram a criar programas de afiliados, onde pessoas comuns poderiam se associar vender seus produtos e ganhar comissões com isso. Como exemplo disso, temos os programas da Americanas.com, Submarino, Amazon, entre outros.

Com o crescimento dos produtos digitais o mercado de afiliados se fortaleceu tanto que hoje é possível um afiliado ganhar um percentual de comissão superior a 50%, existem produtos que pagam 80%! E quem de fato faz um trabalho comprometido como afiliado tem ganhado muito dinheiro online.

O marketing de afiliados está totalmente inserido dentro do marketing digital, muitas pessoas pensam que o marketing de afiliados é limitado aos processos de venda, uma vez que o produto já se encontra em fase de venda, mas na verdade ele envolve muitos aspectos do marketing digital sendo considerado como um motor de vendas de produtos digitais. Uma das vantagens de ser um afiliado é a possibilidade de aplicar as técnicas de marketing digital para vários produtos do mesmo nicho (produtos relacionados) e também atuar em vários nichos.

Assim, os próximos tópicos são totalmente aplicados por 3 tipos de públicos:

  1. Produtores Digitais ou Pessoas que querem lançar um produto digital;
  2. Afiliados de Produtos Digitais que desejam aplicar o Marketing Digital de forma efetiva;
  3. Produtos físicos, tanto para lojas (com adaptações), quanto para e-commerces;

 

#02 – As Principais Plataformas Para Marketing Digital

 

Existem muitas plataformas para que seja implementado o Marketing Digital de um negócio. Neste artigo vou abordar as três que eu considero principais:

  • Blog/Site;
  • FanPage no Facebook;
  • Canal no YouTube;

 

Blog/Site

O blog ou site é estruturado para ser a central de marketing digital do seu negócio. Todas as estratégias partem dele e apontam para ele. Nele você publica conteúdo para atrair pessoas, divulga seus produtos, mostra suas Redes Sociais, publica seus vídeos. O Blog é a única plataforma de Marketing Digital que você tem 100% do controle e das ações.

 

FanPage no Facebook

Impossível, independente do negócio, não ter uma Fanpage! Até a carrocinha de cachorro-quente tem sua Fanpage para divulgar suas ações promocionais. Ela é fundamental tanto para atração de pessoas através do tráfego orgânico (gratuito) quanto do tráfego pago. É possível você fazer um anúncio somente para as pessoas moradoras de um bairro. (Pensando no exemplo da carrocinha de cachorro-quente).

 

Canal no YouTube

O YouTube é simplesmente fantástico! O poder dos vídeos para alavancar o Marketing Digital dos negócios chega a ser surpreendente. Eu, antes de usar o YouTube, já tinha resultados muito bons. Eu até usava o YouTube, mas não de maneira estruturada, planejada…

A partir do momento que comecei a usar o YouTube da maneira correta, do jeito que tem que ser… Os resultados foram impressionantes. O canal do YouTube tem crescido muito todos os dias, mas claro que tenho trabalhado muito para produzir os vídeos de alta qualidade.

 

#03 – Identificando seu Público Alvo

 

Saber que é o seu público é uma das tarefas mais importantes no planejamento de marketing digital. Pode parecer algo simples, mas não saber quem de fato é o público tem levado muitos empreendedores a falhar nas suas ações de marketing digital.

Existem muitas formas de identificar o público alvo, mas vou buscar resumir pra você:

 

A Escolha do Nicho

O nicho de mercado que você atua vai ajudar muito a você já ter uma definição sobre o seu público alvo. Se você atua no ramo de emagrecimento, seu público alvo são pessoas já interessadas em emagrecer. Parece algo simples e lógico, mas só isso não ajuda totalmente. Ter em mente quem é o seu público é de extrema importância para te dar o direcionamento de tudo o que você vai fazer dentro do marketing digital.

 

Conceito Amplo de Iscas Digitais

Uma forma muito efetiva de conhecer quem é o se público alvo é usar as Iscas Digitais. As Iscas já vão dizer tudo que precisamos do público! – “Como assim?”  Por exemplo, você fez uma isca digital com o tema: “como emagrecer 3kgs em uma semana”. Todas as pessoas que baixarem essa lista são pessoas interessadas em emagrecimento rápido.

E você pode pensar dessa forma na produção de todo o seu conteúdo. O conteúdo nos informa quem é o público alvo!

Você pode usar esse conceito de Iscas Digitais de várias formas, vou deixar duas estratégias:

 

Captura de E-mails

A principal função das iscas é a captura qualificada de e-mails, com ela você sabe exatamente o interesse do seu público. Ponto importante aqui é segmentar, criando listas ultra específicas.

Suponha que você tem um Blog que trata do assunto vida saudável, nele você pode ter um artigo falando sobre “Como ser mais saudável caminhando”, junto do artigo você pode produzir um mini e-book “Guia da Caminhada Saudável – Como Começar a Caminhar Todos os Dias Sem Desanimar.

Todas as pessoas que forem para essa lista estão interessadas em vida saudável e também em caminhadas.

Aplicando esse método, você cria um público altamente segmentado. Mais à frente vou falar um pouco mais sobre isso.

 

Listas de Remarketing                                                                                                      

Outra estratégia muito interessante que o marketing digital nos permite fazer é o remarketing. Que consiste em enviar um anúncio para pessoas que já tiveram contato com você anteriormente. No caso das iscas, você pode criar listas de remarketing segmentadas, colocando um Pixel do Facebook especificamente na página de download ou de obrigado da sua Isca Digital. Assim, todos que chegarem a essa página serão “marcados” para a sua lista de remarketing.

É possível fazer isso também em páginas específicas no seu blog. Por exemplo, você pode criar uma página no seu blog com os melhores artigos sobre “emagrecimento” e colocar um pixel específico nela, assim esse público, mesmo que não entre para sua lista de e-mail, poderá ser alvo do seu remarketing. Tanto para capturar o e-mail, fazendo um anúncio específico para elas, quanto para vendas.

O remarketing nos permite infinitas possibilidades.

 

#04- Atração do Público Alvo de Forma Acelerada

 

Tenha em mente uma coisa… o seu negócio é voltado para pessoas. Pessoas é que compram os seus produtos, então 80% do seu esforço de marketing digital deve ser direcionado para a geração de tráfego.

A forma mais acelerada para geração de tráfego é através do tráfego pago. O tráfego pago pode ser feito em diversas mídias de anúncios, porém minha recomendação é que você comece com o Facebook Ads, somente quando estiver dominando esta mídia você avance para outras.

Existem inúmeras estratégias de geração de tráfego com o Facebook Ads, vou deixar 3 estratégias que eu recomendo fortemente que você use:

 

1 – Tráfego Para O Blog

Essa é uma estratégia muito simples de ser implementada. Consiste em você enviar o tráfego diretamente para o seu site. Só que isso tem que ser feito de forma planejada e estruturada.

  • Coloque um Pixel do Facebook no seu blog/site ou na página específica. (Caso você esteja enviando o tráfego para uma pasta como eu disse anteriormente.)
  • Direcione o tráfego para um conteúdo épico. Tem que ser realmente um conteúdo muito bom, que prenda a atenção da pessoa;
  • Coloque no decorrer do artigo box de captura de e-mails;
  • Ofereça uma isca digital relacionada ao artigo, algo complementar ao artigo;
  • Após a captura do e-mail, encaminha automaticamente para a página de vendas de um produto relacionado tanto com o artigo, quanto com a isca.

Algumas pessoas poderão já comprar o seu produto, (mesmo no caso de afiliados) caso não compre o produto, você agora tem o e-mail de contato da pessoa, e essa pessoa passa a ser o seu Lead.

 

2 – Tráfego para uma Isca Digital

Essa estratégia consiste em você fazer um anúncio diretamente para a página de captura da isca digital.

  • Construa uma página de capturas de e-mail específicos da isca digital;
  • Coloque um pixel nessa página;
  • Após a pessoa colocar o e-mail dela, programe o seu sistema para enviar a isca digital para o e-mail dela;
  • Encaminhe a pessoa automaticamente para a página de vendas do produto;

Aqui, muitas pessoas não vão comprar imediatamente, mas agora você tem o e-mail dela para trabalhar outras ofertas.

 

3 – Tráfego Direto Para A Página de Vendas do Produto

Aqui, você simplesmente faz um anúncio para a página de vendas de algum produto.

  • Programe o pixel para marcar as pessoas que clicaram nos seus anúncios;
  • Faça textos e escolha imagens que sejam anúncios do tipo nativo, aqueles que parecem publicações dos usuários do Facebook e não anúncios comerciais;
  • Monitore seus resultados, avaliando quais anúncios estão dando maior retorno e invista mais neles;

 

 

#05 – Atração do Público Alvo – Estrutura de Longo Prazo

 

Falei anteriormente do tráfego pago. Nesse quinto tópico vou falar sobre geração de tráfego gratuito. O tráfego gratuito precisa ocupar um lugar especial no seu planejamento de marketing digital. Consiste em ações que você toma agora que te trarão resultados no médio e no longo prazo.

O tráfego gratuito é também chamado de tráfego orgânico. Ele acontece sem que você precise investir um centavo diretamente. O tráfego gratuito vai estar diretamente ligado a diversas outras ações de marketing digital suas. Por exemplo, o blog é ao mesmo tempo canal para receber tráfego pago, mas também gera tráfego gratuito, quando as pessoas fazem pesquisas no Google e encontram o seu blog como resposta.

Vou falar no próximo tópico como gerar tráfego gratuito.

 

#06 – Marketing de Conteúdo – O Coração do Marketing Digital

 

Uma das estratégias mais relevantes em todos os meus negócios é o Marketing de Conteúdo. Ele é o principal motor de geração de tráfego gratuito. Marketing de conteúdo consiste em oferecer conteúdo de extrema qualidade para o seu público alvo, para que eles se sintam encantado e venham a comprar produtos seus a partir desses conteúdos.

São muitas formas de você realizar o Marketing de Conteúdo, a principal delas é o blog. Como eu disse no início, no blog você concentra todas as suas ações. Outras também são o canal no YouTube, produção de E-books, Slides…

Enfim, o segredo aqui é produzir conteúdo que atenda as dúvidas do seu público alvo. Para isso, você deve pesquisar aquilo que eles têm buscado, usando ferramentas como o Wordze e pesquisas no YouTube.

 

#07 – Criação de Um Funil de Vendas Simples e Consistente

 

Neste tópico do nosso guia de marketing digital quero te passar um modelo de funil de vendas simples e consistente para que você aplique no seu negócio. Vou partir diretamente para o ponto após a captura do e-mail.

  • Logo em seguida a captura encaminhe para a página de vendas do produto;
  • No dia seguinte envie um e-mail falando do produto de forma consultiva, coloque links que direcionem para a página de vendas, caso tenha, pode ser usado uma página de vendas alternativa;
  • As pessoas que não comprarem, envie a cada dois dias por 3 vezes, um conteúdo gratuito sobre o assunto que ela tem interesse, e nesse conteúdo (artigos, e-books, slides, vídeos) coloque links para a página de vendas;
  • Aguarde dois dias após o último e-mail, e envie um e-mail com casos de sucesso com o produto e se coloque a disposição para tirar eventuais dúvidas.
  • Após a pessoa passar por esse funil e não comprar, inclua ela em uma lista para aumentar o relacionamento;

 

#08 – Como Fazer a Venda

 

Além de tudo que já vimos até aqui, nos próximos 4 tópicos vou deixar estratégias complementares e altamente efetivas de marketing digital. Nesse tópico quero falar com você de estratégias para fazer a venda.

  • Oferta irresistível:
  • Promoção de bônus:
  • Promoção de preço:
  • Webinário:

 

Oferta Irresistível

A sua oferta ela deve ser colocada como irresistível. O marketing digital está totalmente relacionado com a venda do produto. Se você tem um bom produto, mas não tem uma boa oferta, você simplesmente não consegue vender. A oferta irresistível vai mostrar para a pessoa o que de fato é o produto, precisa mostrar o motivo pelo qual ela precisa comprar.

O segredo da oferta irresistível é a geração de valor para a pessoa. A pessoa que chega até a sua oferta precisa entender que aquele produto vale muito mais do que aquilo que ela está pagando, pois vai de fato mudar alguma “dor” que ela tem.

Para alguém que quer emagrecer e vem tentando e não consegue… se você promove um produto que de fato vai resolver o problema dela (e existem excelentes produtos digitais para isso) o preço que aos seus olhos pode parecer caro, para essa pessoa não será.

 

Promoção de Bônus

Os bônus servem como aquele empurrão final para finalizar as vendas. Consiste em oferecer aquele algo a mais para pessoa. Você pode oferecer vários tipos de bônus. Como e-books, um curso complementar seu…. Pode até ser produtos físicos como um livro.

 

Promoção de Preço

Essa é mais aplicada quando você é dono do produto. Mas como afiliado você pode aproveitar as ações que o produtor pode vir a fazer, na última black Friday os meus afiliados bateram recordes de vendas.

Webinário

O webinário é um seminário online. O mais recomendado é que seja ao vivo, mas você pode deixar gravado e usar um sistema de gerenciamento de webinários. O webinário vai tratar do assunto do produto, sendo uma espécie de introdução aprofundada. E no final é feito a oferta do produto. Funciona muito bem se você agregar bônus.

 

#09 – Acompanhamento e Pós-Venda

 

Você precisa se relacionar com todo o seu público alvo, seja com pessoas que compraram de você após passarem nas suas ações de venda, seja com as pessoas que compraram.

O segredo do acompanhamento e da pós-venda está no relacionamento com o seu público, você precisa estar presente nas Redes Sociais, enviar e-mails de relacionamento e conteúdo (sem objetivo direto de vender) criar novos conteúdos e enviar para o seu público com exclusividade.

 

#10 – Venda Para Os Mesmos Clientes

 

Você pode e deve vender para os clientes que já compraram de você. Isso é extremamente comum no marketing digital. O que garante o sucesso desta estratégia é a anterior bem feita, isto é, o relacionamento com os seus clientes e potencias clientes.

Você pode vender novos produtos complementares para os seus clientes. Mantendo nosso exemplo de emagrecimento. Se você vendeu um produto ensinando uma dieta, é possível vender um produto para fazer exercícios em casa. Complementando a necessidade do seu cliente.

Uma vantagem de ter uma lista de e-mail em que você mantém relacionamento com ela, é a possibilidade de participar do lançamento de novos produtos. Assim, você pode se beneficiar de todo esforço de venda do produtor, que provavelmente vai está investindo pesadamente no marketing.

E, dependendo do nicho que você atue, ter uma lista de clientes ativos vai ser meio caminho andando para lançar um produto próprio. No Fórmula Negócio Online eu ensino um módulo para lançar produtos no mercado.

 

Especial: Ferramentas Recomendadas

 

E como item especial vou deixar minhas recomendações para que você possa montar sua estrutura de Marketing Digital.

  • Hospedagem: Hostgator
  • Tema para WordPress #01: Épico
  • Tema para WordPress #02: ThemeForest
  • E-mail Marketing: Aweber
  • E-mail Marketing e Criação de Páginas (venda, captura…): Lead Lovers
  • Criação de Páginas: OptimizePress

Espero que esse artigo te ajude a montar seu plano de marketing digital. Caso tenha ficado com dúvidas, deixe seu comentário. Eu sempre respondo.

Abraços e até a próxima!